Antigua Guatemala (GUA)

Antigua foi a primeira capital da Guatemala, fundada em 1500 e pouco.  A primeira encarnação da cidade, considerada Patrimônio Cultural da Humanidade, foi destruída algumas vezes por ataques de índios e terremotos. Num dos terremotos, especialmente arrasador, chegaram à conclusão que aquela era uma área meio perigosa pra se ter uma capital – e além do mais já estava enchendo o saco ter que reconstruir tudo sempre e sempre, então mudaram a capital para a Cidade da Guatemala. Mas Antigua continua preservada e cheia de prédios históricos – muitos em ruínas, já que não resistiram a tantos tremores. Mas ainda assim o centro histórico é um charme.

antigua1_gua  antigua2_gua
antigua3_gua  antigua4_gua
antigua5_gua  antigua6_gua

E igrejas, claro. Como qualquer cidade de colonização espanhola que se preze (e portuguesa também, por que não?) a presenca de templos católicos é sempre grande. Há igrejas inteiras, destruídas pelos terremotos, aquelas que só tem a fachada. Tem para todos os santos e todos os gostos.

igreja1_antigua_gua  igreja2_antigua_gua
igreja3_antigua_gua  igreja4_antigua_gua

O mais legal da cidade é que seus prédios comerciais têm sempre um pátio interno, com diversos comércios ao redor, muito alem da loja que está na frente. Então, onde na fachada você vê uma  placa do Dunkin’ Donuts, quando você entra você se depara com um charmoso restaurante argentino-guatemalteco, ou onde você vê uma loja de roupas e tecelagem típicas, ao entrar você se depara com um jardim com chafariz que serve um ótimo Pepián (prato típico da região). Isso te estimula a caminhar pelas ruas e, como em nenhuma outra cidade, entrar em todas as lojas e estabelecimentos comerciais, só para ver como você pode ser surpreendido.

interna1_antigua_gua  interna2_antigua_gua

Turisticamente falando, os pontos mais característicos da cidade são o arco do Convento das Mercês, o Cerro da Cruz,

arco_antigua_gua  cerro_antigua_gua

e a antiga Universidade de São Carlos – hoje convertido em museu – que foi a primeira universidade das Américas  (cuja imagem do pátio interior está inclusive na nota de Q100.

universidade1_antigua_gua  universidade2_antigua_gua
universidade3_antigua_gua  universidade4_antigua_gua
universidade5_antigua_gua  universidade6_antigua_gua

Ah, se tiver a chance, visite Antigua na Páscoa. A procissão da Semana Santa é tida como a maior do país, e uma das maiores das Américas (eu só vi os carros alegóricos guardados, mas eles já dão uma ideia do cuidado com que a coisa é feita).

procissa%cc%83o1_antigua_gua  procissa%cc%83o2_antigua_gua

A exemplo de San Pedro la Laguna, às margens do Lago Atitlan (veja aqui), Antigua também conta com muitos turistas perambulando por suas ruas, muitos dos quais passando mais de mês na cidade, em busca de aprender espanhol in loco. Outro motivo que atrai toda essa galera mais jovem (e que explica a grande quantidade de hostels na cidade) são os vulcões – ativos – no entorno, que dão ótimos passeios.

Um deles é o Volcan Pacaya. O passeio dura umas quatro horas e sai diariamente de manhã e à tarde.  Leva quase uma hora de carro até a entrada do parque nacional e mais uma caminhada de meia hora até um cume que dá uma vista ótima do vulcão.

volcanpacaya1_antigua_gua  volcanpacaya2_antigua_gua

Falando em vista, para onde quer que se olhe nesse cume, as vistas são lindas.

volcanpacaya3_antigua_gua  volcanpacaya4_antigua_gua

Aí você desce por um caminho de lava seca até onde realmente interessa, uma das crateras do vulcão, o lugar onde sob os seus pés corre a lava. Você vê fumacinhas em todo lugar, sente o chão quente e até cozinha marshmallows no espeto.

volcanpacaya5_antigua_gua  volcanpacaya6_antigua_gua

E quando chega umas 2 da tarde, é hora de ir embora. “Mas por que?” eu me perguntava quando fechei o passeio. Lá eu descobri: porque baixa a cerração e você não tem muito o que ver (até limpar de novo no fim da tarde).

volcanpacaya7_antigua_gua

Outro passeio muito bacana é para o Vulcan Acatenango. Esse é bem mais exigente em termos físicos, de grana e de tempo (é mais caro e dura 2 dias, sendo um deles dormido em tenda no cume do vulcão).

acatenango2_antigua_gua  acatenango1_antigua_gua

A vantagem de dormir em barraca desconfortável e morrer de frio durante a noite? Ter uma vista privilegiadíssima para o Volcan Fuego (esq), ativo o suficiente para ficar soltando jatos de lava e/ou de fumaça e proporcionar um espetáculo à parte. Como se não bastasse, ainda tem a vista para o Volcan Água (dir, não ativo, mas quem se importa?).

acatenango4_antigua_gua  acatenango3_antigua_gua

Mais sobre a Guatemala:

Lago Atitlan, uma verdadeira joia guatemalteca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *