Atlanta (GA)

Atlanta, capital da Geórgia,  tem o maior aeroporto dos EUA. “Nossa, eu não fazia nem ideia.” Sim, eu sei, ninguém faz. A cidade não é lá muito comentada ou turistada por brasileiros, mas seu voo para Las Vegas ou Califórnia provavelmente faz uma escala nela – principalmente se o voo for da Delta – então considere gastar uns dois dias para ver muita coisa bacana.

Atlanta1_GA  Atlanta2_GA  Atlanta3_GA Atlanta4_GA

Em tempo: vale comprar o Atlanta City Pass, que dá direito a visitar atrações da cidade, entre elas as três mais legais que sozinhas, caso você comprasse as entradas nas respectivas bilheterias, já dão o valor do passe. Ou seja, no fim das contas você “ganha” duas atrações grátis.

Prefira hospedar-se no centro (downtown), que tem um porrilhão de hotéis e restaurantes e de onde você consegue ver muita atração só andando à pé.

Downtown_Atlanta_GA

Comece pelo Centennial Park, revitalizado e rebatizado em homenagem às Olimpíadas de 1996.

Centennial2_Atlanta_GA  Centennial1_Atlanta_GA

Em alguns horários é possível ver um show musical das águas do chafariz central, que tem a forma dos aros olímpicos.

Centennial3_Atlanta_GA  Centennial4_Atlanta_GA

Do lado do Centennial Park, no Pemberton Place – o complexo batizado em homenagem ao inventor da Coca-Cola – estão as melhores atrações da cidade (tipo aquelas imperdíveis se você só tem um dia).

Perberton2_Atlanta_GA  Perberton1_Atlanta_GA

A mais famosa: o Coca-Cola Museum.

Vou te falar: os caras são foda. Você paga para sofrer uma lavagem cerebral e acreditar que a Coca é a marca mais legal do mundo. E, creia-me, só pelo vídeo que eles te mostram na entrada, você acredita que é.

CocaCola1_ATlanta_GA  CocaCola3_Atlanta_GA

Tudo é interativo para caramba e o gran finale é você poder se entupir dos refrigerantes que ela comercializa em todo o mundo. Mais de 100 sabores, então sim, você se entope experimentando o máximo que consegue.

CocaCola2_Atlanta_GA   CocaCola4_Atlanta_GA   CocaCola5_Atlanta_GA   CocaCola6_Atlanta_GA

A mais legal: o Geórgia Aquarium.

Diferente de Zoológico, que é sempre meio depressivo, os aquários eu curto. E esse é dito o maior do mundo, é fantástico. Vários ecossistemas de todo o globo, todo tipo de bicho aquático.

Aquarium1_Atlanta_GA   Aquarium2_Atlanta_GA  Aquarium5_Atlanta_GA   Aquarium6_Atlanta_GA Aquarium8_Atlanta_GA  Aquarium7_Atlanta_GA

E o tanque gigante de animais de água salgada, com o vidro que parece uma tela de cinema, é simplesmente maravilhoso.

Aquarium4_Atlanta_GA   Aquarium3_Atlanta_GA

A mais impactante: o Center For Civil and Human Rights

Um museu que eu não dava nada, nunca nem tinha ouvido falar, e que traz uma ótima vivência sobre um importantíssimo período da história norte-americana – a luta pela igualdade racial.

HumanRights1_Atlanta_GA   HumanRights2_Atlanta_GA

Mas cuidado: tem uma interação quase me fez chorar, de tão profunda e cruel. Imperdível.

HumanRights3_Atlanta_GA   HumanRights4_Atlanta_GA

Aproveitando o gancho dos assuntos similares, ele mostra também a luta pelos direitos humanos no mundo.

HumanRights5_Atlanta_GA   HumanRights6_Atlanta_GA

Martin Luther King é um filho ilustríssimo de Atlanta. Então, além de várias salas no Museu dos Direitos Civis, em outra parte da cidade ainda tem uma praça em homenagem a ele, a igreja que ele pregava, o Quartel dos Bombeiros que ele trabalhou e o Museu Martin Luther King, que homenageia ele, a mulher, e a luta de ambos.

LutherKing1_Atlanta_GA  LutherKing2_Atlanta_GA LutherKing3_Atlanta_GA  LutherKing4_Atlanta_GA

Voltando ao entorno do Centennial Park, ainda tem uma visita guiada dentro do prédio da CNN (outra empresa de nome mundial que nasceu em Atlanta). Aqui o tour é em grupos, com várias paradas, e o padrão-visitação visto na Coca-Cola se segue, com vídeo emocional no começo e finalização na lojinha de gifts.

CNN1_Atlanta_GA  CNN2_Atlanta_GA CNN3_Atlanta_GA  CNN4_Atlanta_GA

Um pouco mais afastados do Centennial Park, ficam duas duas outras atrações que você pode ver com o passe.

No caso do Zoológico, como você tem que optar entre ele ou o Museu de Direitos Civis, eu diria que não tem nem o que pensar: deixe o Zoo de lado. Zoológicos são iguais em qualquer parte do mundo (fora que dá meio deprê em ver os bichos enjaulados). Você vai perder  e alguns animais bonitinhos – destaque para os os pandas gigantes – mas nada que mereça a visita de qualquer forma, como é o caso do Museu dos Direitos Civis.

Zoo1_Atlanta_GA   Zoo2_Atlanta_GA   Zoo3_Atlanta_GA   Zoo4_Atlanta_GA

O Fernbank Museum of Natural History talvez seja a mais fraca das atrações do Atlanta City Pass (você escolhe entre ele e o Museu de Futebol Americano Colegial, algo que não me interessa em absolutamente nada). Crianças vão adorar o museu, mas adultos… bom… Como é meio longe e fora de mão para chegar, creio que se você deixar de visitar, não tem problema.

MuseuNatural1_Atlanta_GA  MuseuNatural2_Atlanta_GA  MuseuNatural3_Atlanta_GA MuseuNatural4_Atlanta_GA

O Botanical Garden é uma grande pedida. Mesmo os não tão apaixonados por plantas, tipo eu, vão se impressionar com escultura da Mãe-Natureza (abaixo, à direita), que por si só já vale o passeio.

Botânico1_Atlanta_GA  Botânico2_Atlanta_GA Botânico3_Atlanta_GA Botânico4_Atlanta_GA

Pertinho do Botânico tem o High Museum of Art, que, bem… é um Museu de Arte Moderna. Se te encanta, não perca. Para mim, a visita serve para ficar olhando e pensando “Sério mesmo que consideram isso arte?”.

MAM1_Atlanta_GA  MAM2_Atlanta_GA

Uma coisa bacana é ir até a Atlanta Beltline, uma trilha que corta boa parte da cidade, alugar uma bicicleta e sair pedalando. Ela passa pelo Ponce Market, um lugar superdescolado com restaurantes com comida do mundo todo.

   

Há um tour inusitado pelo Cemitério Oakland, um marco na cidade e que mostra que até na hora da morte havia segregação racial.

oaklandcemetery2_Atlanta_GA  oaklandcemetery3_Atlanta_GA

Em frente ao cemitério, inclusive, o imperdível bar Six Feet Under.

SixFeetUnder_Atlanta_GA

Falando em bar e restaurante, um famosíssimo pelo hambúrguer (merecido) e extremamente peculiar, é o Vortex. O cardápio deles é uma atração a parte, e na conta vem a singela mensagem “Dê gorjeta ou morra!”

Vortex1_Atlanta_GA  Vortex2_Atlanta_GA

E, falando em comida e icone , eu nunca poderia deixar de mencionar a Waffle House. Cadeia de reataurantes nascida no estado, é o orgulho da Geórgia. Você vai esbarrar com um restaurante a cada esquina, já que a rede tem mais de 1500 lojas que, dizem, não fecham nunca. Obrigatório tomar um breakfast no balcão, com torrada, ovos, bacon e a garçonete enchendo sua caneca de café a cada 15 minutos. Mais coisa de filme americano, impossível.

   

Se você curte compras, nos arredores de Atlanta ficam dois mega outlets, com lojas enormes de todas as marcas que você adora. Realmente tudo muito mais barato. O único problema é a distância: ambos ficam fora da cidade, e você precisa alugar um carro (ou chamar um Uber) para visitar. Tem o North Georgia Premium Outlets, uns 40 minutos ao norte (como diz o nome) e o Tanger Outlets uns 30 minutos ao sul da cidade.

E, para terminar, não poderia faltar uma paisagem completamente prosaica e sem graça, que a série de TV The Walking Dead (filmada na cidade) tornou famosa e cultuada.

WalkingDead_Atlanta_GA

Redescubra mais destinos nos Estados Unidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *