Monte Roraima

Vai pro Monte Roraima? Táqui umas dicas que podem ajudar: quando ir, o que levar, quando gasta, onde ficar em Santa Elena, contato das empresas de trekking, etc. Outras dúvidas sobre algo que eu não comentei aqui? Manda um emeio pra redescobrimento@gmail.com que eu respondo.

Quer saber como chegar a Santa Elena? Clicaqui.

Não liga pra spolier e quer ver antes tudo que vai encontrar lá? Essa é a descrição do dia a dia e as fotos.

Aproveita para ler a crônica completa da aventura

E o que fazer em Boa Vista?

Quando ir

Dá pra ir o ano todo, mas são duas experiências bem distintas, com prós e contras de cada uma:

Época Seca: de setembro e abril

Chove menos. É bom porque você não fica o tempo todo molhado (o frio é menor e você dorme melhor), a trilha não fica tão escorregadia e lamacenta, a travessia dos rios Tek e Kukenan. É ruim porque e mais caro, tem mais gente e você não vê as cachoeiras que caem de cima do Monte. Inclusive no próprio Monte as fontes de água tornam-se menores e menos caudalosas.

Época de chuvas: de maio e agosto

Chove (quase) o tempo todo. É bom porque é baixa temporada, então é mais barato e tem menos gente. E você pode presenciar o espetáculo das 21 cachoeiras que caem do paredão do Monte. É ruim porque você sofre com o fato de ficar o tempo todo molhado (o frio aumenta e dormir molhado é uma bosta), a trilha fica mais perigosa, escorregadia e lamacenta, podendo inclusive o passeio ser cancelado devido às condições desfavoráveis e a travessia dos rios Tek e Kukenan é mais complicada.

A escolha é sua.

O que levar

Com base no que eu levei (ou esqueci de levar) na época seca:

– Agasalho térmico (não é porque é estação seca que não chove e que não faz um frio da porra, principalmente a noite e lá em cima)

– Kit contra sol: boné, óculos escuros, protetor solar. Camiseta de manga comprida, tipo ciclista, ajuda uma barbaridade, e nem esquenta tanto. Calça tactel ao invés de bernuda, também;

– Lanterna;

– Repelente (você vai usar o tempo inteiro na caminhada);

– Bota de trekking pra caminhar e chinelo de dedo pra tomar banho no rio ou relaxar no acampamento;

– Meia grossa de algodão (pra atravessar os rios);

– Stick. (não é essencial, mas se você tem, ajuda bastante);

– Saco de dormir e o colchonete térmico, se você não tiver, ok, dá pra lugar com o pessoal da excursão.

Na época chuvosa, lembre-se de levar umas calcas de moletom, calça térmica, capa de chuva e experimente embalar meias, roupas íntimas e algumas camisetas em ziplocs. Ou tem também uma capa isolante que você “veste” a mochila para proteger tudo dentro.

Quando gasta

Valores de Jan/16

– Passagem SP – Boa Vista – SP: R$ 1200,00 (alta temporada. Mas é um destino longe, sempre tem escala em Manaus, não baixa muito não)

– Hotel (simples) em Roraima: R$ 100 a diária (tem mais baratos – e precários)

– Boa Vista – Pacaraima – Boa Vista: R$ 100,00 (de táxi compartilhado, que é mais rápido. De ônibus, sai uns R$40 mais barato – R$20 por trecho)

– Trekking 6 dias: R$ 1400,00 (há empresas mais baratas e era alta temporada. A mesma empresa, por exemplo, em Abril/15 me passou o valor de R$ 700)

– Hotel em Santa Elena: R$ tem de R$ 20 a R$ 90 a diária. Varia o conforto, café da manhã, etc.

– Aluguel de equipamentos: R$120,00 (saco de dormir e colchonete isolante)

– Outros gastos: R$ 50 (taxa do parque, almoço e janta na cidade, doces e água para o Monte)

O câmbio em jan/16 era de 1 real = 170 bolívares. Como a nota mais alta é de 100 bolívares, prepare-se para carregar pacotes e mais pacotes de dinheiro. Faça o câmbio na divisa ou na rua principal da cidade. Não soube de nenhum caso de ninguém trapaceando, dando notas falas ou roubando turistas.

Documentos necessários

Você atravessa a fronteira brasileira usando só o RG, mas o passaporte é imprescindível para carimbar a entrada do lado venezuelano. Carimbo esse que você vai apresentar pro guarda dentro do parque, antes de começar a caminhada.

E certificado de vacinação contra a febre amarela.

Onde ficar em Santa Elena

Há hotéis de R$ 20 a R$ 90, na própria Calle Uderneta, onde ficam as operadoras turísticas abaixo. E tem mais pela cidade, é só você procurar. Mas essa é a faixa. E, querendo reservar desde o Brasil, fala com as operadoras que eles arrumam quarto.

Empresas de trekking

Eu já saí do Brasil fechado, com a data de início e de volta combinadas, na Backpackers Tours.

http://www.backpacker-tours.com

Mas há outra em frente a eles que cobra mais barato:

http://www.kamadac.de

Ou você consegue um preço ainda melhor rodando por lá, atrás de grupos que estejam se formando. Não é difícil achar na avenida principal (onde também há grande quantidade de pessoas fazendo câmbio).

 

Comments are closed.