Mulher de Branco

mulher de branco

Essa lenda é contada em Cabedelo, Paraíba, mais precisamente na Fortaleza de Santa Catarina (onde fica esse quadro acima).

Diz-se que no dia em que ela estava se casando aconteceu a invasão dos holandeses (puta azar). Noivo, convidados e família, todos foram mortos, só ela foi poupada porque o Capitão-mor holandês caiu de quatro pela beleza da moça.

Ele propôs casamento a ela, que recusou. Sabe como é né? “eu já estava casando e o senhor matou todo mundo, não vai rolar”. Ele então manteve-a presa, até que ela mudasse de ideia. Ela não mudou de ideia, ele perdeu a paciência e passou na faca (já aderindo aos costumes paraibanos de resolução de conflitos).

A alma dessa pobre moça, de vestido branco (talvez do casamento) e esvoaçantes cabelos negros, permanece por ali até hoje, dizem. E quem viu conta que não conseguia se aproximar devido a uma “força desconhecida” (seria medo?).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *