Porto de Galinhas (PE)

Porto de Galinhas pode ser encarada de duas formas: a) um paraíso de piscinas naturais, ideal para mergulhar e se maravilhar com a riqueza da vida marinha ou b) uma praia lotada, uma confusão dos diabos que passa longe daquela tranquilidade que você merece quando quer descansar. Em outras palavras:

Porto de Galinhas pode ser isso,                                                 ou isso.

GEDSC DIGITAL CAMERA      GEDSC DIGITAL CAMERA

Para mim, não há dúvidas: Porto de Galinhas é as duas coisas. Basta você ir preparado para uma praia confusa e cheia de gente, que você consegue aproveitar, sem se estressar tanto, um monte de coisa bacana que tem lá.

De qualquer forma, o mais indicado é você ir e tirar suas próprias conclusões. Nem que seja por um dia só, fica a 70 km de Recife e tem ônibus que sai da rodoviária e passa em frente ao aeroporto. Fácil de ir, e de voltar correndo, se for o caso.

Mais: veja o que Recife tem a oferecer (e não é pouco).

Mais:  falou em Recife não tem como não falar em Olinda.

Mais: melhor que essas praias, só mesmo essas de Fernando de Noronha.

O problema de Porto de Galinhas é que é uma das praias mais frequentadas do nordeste, e dá para entender porquê. Olha a foto abaixo (roubei da internet obviamente).

porto6-g

Não tem como você não se impressionar e não querer ver essas piscinas naturais. E é facinho e baratinho. Na praia do centro você pega uma jangada e voilá, chegou. .E, se você se informar no seu hotel ou pousada sobre a tábua das marés, dá pra se programar e pegar a maré baixa e percorrer tudo à pé. Mais simples, impossível. Você nem precisa de snorkel, mas se conseguir um, tanto melhor para se fartar de mergulhar e ficar espiando a vida marinha.

porto-de-galinhas-2  Captura de Tela 2015-01-12 às 21.55.20

A cidade é uma belezura, com galinhas espalhadas fazendo sucesso muito antes que a Cow Parade ficasse famosa.

GEDSC DIGITAL CAMERA Captura de Tela 2015-01-12 às 22.10.00

E o centrinho tem vários restaurantes, bares e lojinhas que vão fazer a festa de quem quer comer bem (você e sua namorada/noiva/esposa), tomar alguma coisa aproveitando aquele clima de praia (você) e comprar um monte de bugingangas (sua namorada/noiva/esposa).

Aliás, a cidade é ótima para passear em casal. Sim, tem um forró animado e algum agito para os solteiros, mas a movimentação de casais abraçados para lá e para cá é enorme. Aconselho a não fazer o que eu fiz (que juro que nem percebi quando me programei!): passar o dia dos namorados sozinho lá. Creia-me, não é nada legal.

GEDSC DIGITAL CAMERA  GEDSC DIGITAL CAMERA

Falando em nada legal, vamos ao lado negro de Porto de Galinhas: a quantidade de pessoas, principalmente aos fins de semana. É um pega para capar por espaço na areia da praia, e quando você consegue um pedacinho, é obrigado a pagar pela cadeira e pelo guarda-sol. Não tem discussão: sentou, pagou. Fora que os restaurantes ficam lotados, o serviço, que já não é dos mais rápidos, demora ainda mais. Fora que tudo fica mais caro, as fotos nas piscinas naturais ficam cheias de gente, as jangadas estão sempre lotadas… Em resumo: ou você já vai sabendo de tudo isso e encara com paciência e bom humor, ou você vai odiar.

GEDSC DIGITAL CAMERA GEDSC DIGITAL CAMERA

Mas nem tudo está perdido: você pode ir descobrir, via de regra de buggy, as praias vizinhas.

Tem a Praia de Muro Alto, onde fica a mais profunda piscina natural (esq). Tem a  Praia de Maracaípe (dir), mais conhecida dos surfistas, que abundam ali atrás das ondas. Garantia de gente jovem e descolada. A praia também é um berçário de tartarugas marinhas.

Muro-Alto Maracaipe

No fim da praia, próximo à foz do Rio Maracaípe, há mangues e uma área de preservação de cavalos-marinhos. Você já viu um cavalo-marinho? Então está esperando o que? E se viu, veja de novo. Como resistir a um cavalo-marinho?

cavalo-marinho  mangue

Não dá pra esquecer da Praia de Carneiros (esq), lindíssima, e da Ilha de Santo Aleixo (dir). Ambas você chega de catamarã. E, na boa, v0cê vai querer perder o catamarã da volta.

praia-dos-carneiros  ilha-de-santo-aleixo

Ao redor da cidade há vários engenhos de cana de açúcar centenários, que hoje em dia produzem mais cachaça, rapadura e mel de cana. O mais famoso é o Engenho Canoas, onde você vê todos os instrumentos antigos de produção, como moendas, alambiques de cobre e tonéis onde a cachaça é maturada.

engenho

Mas quer um conselho? Tire uma semaninha de férias e faça o trajeto Recife – Olinda- Porto de Galinhas – Maragogi – Maceió. Simplesmente um dos melhores trechos do litoral brasileiro.

Veja aqui, no Roteiro Multicidades De Maceió a Recife. (em breve)

One Comment

  1. Quero muiro conhecer
    Esse lugar linduuu
    E maeavilhks
    Bfhjn.nnj
    Vvhh

    )?-889

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *