Porto Seguro (BA)

Porto-Seguro1

Todo mundo já foi para Porto Seguro quando tinha seus 17 ou 18 ou 19 anos. Ou foi com a escola, na época da formatura do terceiro colegial, ou juntou uns amigos e foi por conta, só porque todo mundo, menos você, tinha ido com a escola, na época da formatura do terceiro colegial. É nessa viagem que você aproveita a valer as mega-barracas de praia em Taperapuã, com seus passinhos de axé e pegação entre gente com pouco roupa e muito hormônio, exatamente como você. E ainda tem pique para as festas à noite, cada dia da semana em uma barraca diferente, com o esquenta obrigatório na Passarela o Álcool, negociando capetas e outras misturas ainda mais fortes com aquele monte de baiano cheio da malandragem. E se a semana que você estiver por lá se resumir a isso, tudo bem, você vai voltar contando para todo mundo que curtiu horrores. Você acaba que nem lembra que foi ali que Pedro Álvares Cabral desembarcou e, oficialmente, descobriu o Brasil.

axe-moi Passarela

Na segunda vez que você volta, tipo uns dez anos depois, as barracas de praia não parecem mais táo interessantes, é tudo muito cheio de gente, o atendimento demora e é  confuso, o axé constante acaba enchendo e a praia não é lá essas lindezas. Sorte que agora você consegue prestar atenção nas outras várias coisas muito legais que tem na cidade, ou perto dela (como o Trevo Cabral e a Passarela do Álcool de dia).

trevo-cabral Passarela2

Começando pela própria cidade, tem o centro histórico com suas casinhas, o farol e o marco zero do descobrimento do Brasil, junto ao Museu de Porto Seguro e a Igreja Nossa Senhora da Pena.

centro-histórico-porto farol-porto-seguro Marco Descobrimento marco-posse

Falando em descobrimento, a primeira missa rezada no Brasil foi na Praia de Coroa Vermelha, em Santa Cruz Cabrália. Uma enorme cruz marca o local, não tem como errar. De quebra, tem ainda o artesanato dos índios Pataxós, os habitantes que lá estavam quando Cabral desembarcou, mais de 500 anos atrás

cabrália NSConceição

De Santa Cruz Cabrália, com seu snorkel em mãos, você pode pegar uma escuna para Coroa Alta, um recife com piscinas naturais e abundante presença de peixinhos coloridos. Ah, a escuna vai no esquema axé-e-monitor-engraçadão-agitando-todas-com-a-galera. Certifique-se que a escuna que você pegou também passa pela Praia de Santo André, bem bonita e que em 2014 ganhou notoriedade por abrigar a seleção alemã de futebol durante a Copa (ou você não lembra dos vídeos dos alemães interagindo numa roda de capoeira?).

Coroa Alta  sto.andre

Outro passeio que já foi interessante de fazer munido com seu snorkel, é pegar uma escuna para Recife de Fora. Gigantesco abrigo de vida marinha, era garantia de ver muita coisa interessante. Hoje em dia? Não sei, melhor perguntar lá na hora pra quem entende.

recife-fora2 recife-fora1

A uma balsa de distância (e mais um pouquinho) de  Porto Seguro está Arraial D’Ajuda. Mais tranquila, mas nem tanto (porém indiscutivelemente melhor frequentada), e com ótima infra-estrutura e praias muito boas, eu diria que é o lugar ideal para você ficar e, a partir daí, visitar Porto Seguro (a não ser que você ainda esteja na vibe “dançar-axé-nas-megabarracas”). Em tempo: é mais calma mas isso não significa falta de baladas e de galeras de jovens. Tem festa de segunda a segunda em Arraial.

arraial2 noite Arraial

Duas praias de cair o queixo que eu visitei foram Mucugê (com o rio desaguando na praia) e Pitinga. Elas foram as culpadas por eu não ter visto outras, pois acabei ficando um dia inteiro em cada uma .

mucugê pitinga

De Arraial D’Ajuda você pode pegar vans para outras praias e cidades bem interessantes. A primeira é Trancoso, uma charmosa vila de pescadores que virou moda e reúne os descolados e fashionistas ( virou exemplo da palavra da moda, “camarotização”).  Tire uma foto na praça principal, o Quadrado, que é famosa.

trancoso  Captura de Tela 2015-01-18 às 19.56.39

Agora, o melhor passeio: a desbundante Praia do Espelho. Ideal é ir de carro, para poder ficar o tempo que quiser e aproveitar ao máximo. Mas, se você for que nem eu, tem vans e ônibus saindo de Arraial D’ Ajuda e Trancoso. Atenção para a água do mar, emoldurado pelas falésias. Sensacional.

Praia-do-Espelho1 Praia Espelho

Sim, eu sei que Trancoso e Arraial D’Ajuda merecem um texto só delas, bem mais detalhado. Mas isso requer tempo e dinheiro para volta lá e passar mais dias do que só esse corrida semana que eu passei. Espero algum dia voltar. E, se der, que seja entre julho e outubro, época em que as baleias jubarte dão o ar da graça na costa e são feitos passeios de barco para observá-las.

 

Mais: ainda sobre a Bahia, veja o axé da capital, Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *