Punta Del Este (UY)

Punta_Placas_UY

Não sei se foi porque eu visitei no fim do ano, época de alta temporada, mas Punta Del Este não foi realmente inesquecível. A hospedagem é cara e os restaurantes idem. As praias não são exatamente lindas, e as mais bacanas são mais afastadas, então você vai precisar de um carro para chegar. Além do que o mar é bem frio. E tudo está lotado de turistas brasileiros e argentinos. Os uruguaios ficam só no terceiro lugar, o que me leva a crer que eles sabem de lugares mais interessantes. Mas Punta tem toda a badalação, tem a foto na “La Mano” e, essa sim imperdível, Casa Pueblo. Ou seja, tem seu charme. Mas, sendo prático e econômico, dois dias estão de bom tamanho.

Como chegar

A Azul tem voos diretos de São Paulo na alta temporada, mas o mais comum é voar até Montevidéu e, de lá, pegar um ônibus ou alugar um carro (e tem a vantagem de você poder passear pela capital uruguaia (para mim, muito mais interessante que Punta).

Mais: caminhe por Montevidéu e encante-se.

Mais: um pulinho até Colônia do Sacramento, que tal?

Como o aeroporto fica na rodovia que vai pra Punta, lá mesmo você pode pegar um ônibus da COT (que tem guichê no aeroporto) ou da COPSA (você pega no ponto de ônibus, direto). Caso você já esteja em Montevidéu, o ônibus sai do Terminal três Cruces. Se o tempo ou a grana (ou  ambos) estiverem curtos, um dia de bate-volta vale. São uns 100km, vencidos em duas horas mais ou menos.

Se tiver um pouco mais de tempo e dinheiro, prefira alugar um carro.  Há uma ótima parada entre Montevidéu e Punta, lá na cidade o carro é uma bênção para ir a vários pontos turísticos e as praias mais legais são as mais afastadas do centro. Ou seja, só vantagens. E a rodovia até lá é super de boas, sem sustos.

Primeira Parada

De carro, não tem segredo: é só pegar a rodovia que fica em frente ao aeroporto, a 1B – Interbalneários, e seguir as placas. Pronto, chegou a Punta Del Este. Mas, se quiser uma coisa diferente e bacana, experimente pegar a saída para Sólis e Piriápolis (uns 40 km antes de Punta), que passa a se chamar Rodovia 10.

Punta_Ruta10_UY

Ela vai margeando as praias e leva você até o Portito Dom Anselmo, um simpaticíssimo restaurante a beira mar. Preço justo, comida muito bom e uma bela vista. Quer mais o que?

Punta_DomAnselmo1_UY   Punta_DomAnselmo2_UY

Punta del Este

Um dia dá? Até dá, se você está pensando em apenas “dar uma passada” nas praias, bater algumas fotos e terminar o dia com o pôr do sol na casa Pueblo. Pronto, você viu o principal da cidade e pode mostrar pra parentada as fotos, tranquilo.

Você vai se hospedar no centro muito provavelmente, que fica bem na península. Ali estão todos os restaurantes, bares e agitação (e a rodoviária, caso você tenha ido de ônibus). De um lado tem a Praia Brava (esq). Do outro, a Praia Mansa (dir). Nas duas rola ficar de boas ao sol, com a diferença que a Praia Mansa tem grandes “barracas de praia” – bares/restaurantes com pé na areia.

Punta_PraiaBrava_UY   Punta_PraiaMansa_UY

Praia Brava

A Praia Brava tem a famosa La Mano, ou Los Dedos, ou Hombre Emergiendo a la vida, ou simplesmente escultura dos dedos. Está sempre lotada de gente. Quer tirar foto sozinho? Ou chegue MUITO cedo (e mesmo assim não há garantia) ou vá fora de temporada. Em época de temporada é muito difícil (mas não impossível, como você pode ver pela minha foto).

Punta_Capa

Seguindo na Praia Brava, você atravessa o Arroyo Maldonado pela Ponte de La Barra.

Punta_ArroyoMaldonado_UY   Punta_PonteLaBarra_UY

E vai dar em praias, como a Montoya e a Bikini, ainda mais badaladas (e por isso mais caras), onde o aluguel de uma duas cadeiras e de um guarda-sol chegam fácil ao R$ 100. A cerveja fica nos R$ 15. (Em tempo: olhando as fotos abaixo você se pergunta “badaladas onde, cara-pálida? São mais badaladas sim, com enormes barracas de praia. Eu é que escolhi ir para um trecho mais calmo).

Punta_Bikini3_UY  Punta_Bikini1_UY  

José Ignácio

Continuando para além de La Barra, a 40 km para lá do centrinho de Punta del Este você chega a José Ignacio, Mais tranquila, mais rústica, mas com bastante gente aparecendo para curtir alguns restaurantes estrelados. E tem um farol (fechado no dia que eu fui por ser feriado, mas dá pra visitar).

Punta_Ignácio1_UY   Punta_Ignácio2_UY  Punta_Farol2_UY   Punta_Farol1_UY

No fim do ano, começo do outro, é época de procriação do caramujo do mar, então você vai achar a praia tomada por ovos do bicho (que não fazem mal nenhum, só mencionei a título de curiosidade).

Punta_ovocaramujo_UY

Praia Mansa

Vindo de Montevidéu, essa é a praia em que você chega em Punta. Grandes barracas-restaurantes de praia, um píer de iates e um gostoso calçadão para se andar (inclusive a noite).

Punta_PraiaMansa2_UY   Punta_PraiaMansa3_UY

Se você curte um cassino, é na Praia Mansa que está a sua melhor aposta (viu o que fiz aqui, hein? hein? Cassino? Aposta?): o Conrad Resot e Cassino é o maior e mais famoso do balneário.

Punta_Conrad1_UY  Punta_Conrad2_UY

Seguindo a Praia Mansa até o fim, e além (de carro, preferencialmente), você passa por diversas praias como Playa Las Delicias e Punta del Chileno e chega em Punta Balena, de onde se vê toda a Praia Mansa e e boa parte de Punta.

Punta_VistaPueblo_UY

Na Punta Balena fica a famosa (e imperdível) Casa Pueblo. Construída pelo artista Carlos Paéz Vilaró, abriga suas obras e seria um ótimo programa por si só (os mais abonados podem se hospedar no hotel que existe ali).

Punta_CasaPueblo1_UY   Punta_CasaPueblo2_UY   Punta_CasaPueblo3_UY   Punta_CasaPueblo4_UY   Punta_CasaPueblo5_UY   Punta_CasaPueblo6_UY   Punta_CasaPueblo7_UY   Punta_CasaPueblo8_UY

Não bastasse toda arte e arquitetura, ainda tem um por do sol fantástico (e toda uma cerimônia para contemplá-lo, repetida todo fim de tarde). Chegar com certa antecedência ajuda a achar uma mesa para curtir o espetáculo tomando uma cerveja.

Punta_PorSolPueblo1_UY   Punta_PorSolPueblo2_UY

E, já que você viu o pôr do sol, aproveite para ir ao outro lado  da Punta Balena e veja a lua cheia. Bom, hein?

Punta_LuaPueblo_UY

Importante! Antes de ir embora de Punta não se esqueça de passar na Fazenda Lapataia (fica na estrada quase em frente à entrada para Punta Balena) e se abastecer de doce de leite. Você vai me agradecer por isso.

Punta_Lapataia1_UY

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *