Sobre

Captura de Tela 2015-07-19 às 10.57.03

Uma das coisas mais legais da vida é aprender, ver, descobrir.

E, mais legal ainda é poder mudar: reaprender, rever sob uma nova ótica, redescobrir.

Descobri tarde (perto dos 30) o quanto gosto de viajar.

Mas antes de me jogar no mundo, fazer um tour pela Europa ou tirar foto na frente do Taj Mahal, decidi que precisava primeiro conhecer meu próprio país. Não só as partes turísticas, as coisas que todo mundo fala que é legal (essas também, óbvio). Me propus a conhecer todas as capitais (e o Distrito Federal). E redescobri um país maravilhoso, fantástico, riquíssimo em natureza, história e, principalmente, povo.

Terminada a jornada pelo Brasil, me senti pronto para ampliar a jornada à América do Sul (se bem que “terminada” é um termo muito pesado. Creio que jamais terminará, ainda falta muito lugar no país que eu quero visitar).

E eis que, no começo da jornada de Redescobrimento das Américas, que se iniciou pelos vizinhos da América do Sul, eu vi a oportunidade de morar nos Estados Unidos e agarrei-a.

Então, ao plano de desbravar as Américas, somou-se a loucura de visitar todos os EUA. Como disse certa vez uma presidenta, “Não vamos por uma meta. Quando chegar na meta, a gente dobra a meta.” Depois dos 26 estados brasileiros, vamos aos 50 norte-americanos (não sei se todos, mas certamente tantos uanto der).

Uma coisa importante: seria bom que antes de se jogar nos textos do site você lesse minhas considerações.  Para não me xingar e poder fazer viagens mais proveitosas.

Use o site como ponto de partida para programar o seu próprio redescobrimento das terras tupiniquins, da pátria do Tio Sam ou de todas as Américas. Tem muito, mas MUITO lugar legal, muita coisa deslumbrante e muita gente fantástica para ser conhecida por aí. Boa viagem. Pelo site e pelo continente. Espero que divirta-se tanto quanto eu me diverti.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *